O novo nascimento de Zico: duas fotos, 45 dias e um comentário, 'Estou magrinho!'

 Por Pedro Henrique Torre/ESPN.com.br

 

Assim que Zico retirou a bandeira que cobria a sua estátua, um rapaz com uma camisa rubro-negra, praticamente anônimo em meio à multidão em frente à Gávea, sorriu. Estava orgulhoso. Era o fim de um processo de quase 50 dias. Escultor da obra de arte tão aguardada, Edu Santos saiu da sua Piracicaba, no interior de São Paulo, para participar da festa no Rio de Janeiro. Com a ajuda de suas mãos, Zico nasceu mais uma vez, 60 anos depois. Diante dos elogios endereçados à estátua, o artista de 31 anos sorria com timidez. Ironicamente, nunca havia encontrado o ídolo que esculpira em bronze.Nascido em 81, ano emblemático para a geração do Galinho devido às conquistas da Libertadores e do Mundial, Edu mal acreditou quando recebeu um presente. Ali mesmo, na Gávea, minutos antes de a obra ser revelada ao mundo, o Galinho apareceu com uma camisa autografada nas mãos e lhe entregou. Um filme passou pela sua cabeça. 

 

Veja a notícia completa »

Na véspera dos 60 anos, Fla inaugura estátua de Zico com festa na Gávea

Monumento de bronze em tamanho natural é o quarto erguido em homenagem ao eterno ídolo rubro-negro

 

 

Zico imita posição de sua estátua de bronzeFoto: André Durão / Globoesporte.com

 

Na véspera do aniversário de 60 anos de Zico, o Flamengo inaugurou a estátua do ex-camisa 10 na sede do clube. Cantando o hino rubro-negro, o Galinho, acompanhado da família, tirou a bandeira que cobria o monumento junto com o presidente Eduardo Bandeira de Mello, levando a torcida presente na Gávea à loucura. Gritos de "Zico é melhor que Pelé" e "Melhor do mundo" foram a trilha sonora para a inauguração da estátua de bronze, em tamanho natural, que tem no peito o CRF destacado em dourado. Na base da obra do escultor Edu Santos, lê-se a inscrição: "Arthur Antunes Coimbra, Zico, 3/3/2013. Homenagem da nação rubro-negra pelos 60 anos do nosso maior ídolo".

 

Veja a notícia completa »